Terça-feira, 5 de Abril de 2005

Chaves - Forte de S.Neutel e Fonte da Moura Encantada

123C-BL.JPG

A Tradição já não é o que era. Ontem (dia 4) foi o dia da Nossa Senhora das Brotas. Fui lá dar uma vista de olhos e nada ou quase nada. Não sei porque, mas ao longos dos anos a tradição desta festa foi-se perdendo. Hoje só os mais (poucos) persistentes insistem em ir lá...

Uma vez no local aproveitei para fotografar um pormenor do forte e a fonte da Moura Encantada, a mesma onde em puto lá ia(-mos), sempre em grupo e com muitos receios (medos), pois segundo a lenda (que me venderam em puto e sem qualquer apoio histórico (*)) lá aparecia a tal Moura rodeada de serpentes que encantava quem por lá aparecia (azar ou sorte minha nunca fui encantado!).

(*) Para os mais puristas na história da cidade, relembro que não sou historiador e apenas conto as estórias que a mim me (venderam) contaram, e como quem conta um conto acrescenta um ponto, é natural que muitas das estórias que eu aqui (vendo), não sejam apresentadas com a versão mais correcta. No entanto esta coisa dos blogs, no canto inferior direito tem lá uma secção (comentários) onde todos me poderão corrigir, o que até agradeço, pois assim também eu vou aprendendo mais alguma coisa sobre a nossa cidade.

publicado por Fer.Ribeiro às 02:12
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De humberto serra a 7 de Abril de 2005 às 11:34
Ó Rui- andaste a comer sopa de letras, antes de deixares aqui este comentário.


De Rui Leonardo a 6 de Abril de 2005 às 22:15
Sinceramente, não precebo esta gente. Esta meia dúzia de bloguistas, concerteza não terão mais que fazer senão criticar aqueles que num grande exemplo de entrosamento com a história e o gosto popular, fazem o melhor que sabem e podem pela nossa cidade e coorrespondente património. Como será possível alguém atrever-se a criticar aquilo que tem sido feito em favor do nosso património arquitectónico (e não só). O que é que esta gente pretende?. Que se gaste tempo e dinheiro a limpar pedras e a por na ordem e respectivo lugar aquilo que o tempo erosionou?. Esta gente não vê que a melhor maneira de conservar para o futuro o nosso património é precisamente não fazer nada,rigorosamente nada: deixar que o lixo se acumule, que os edifícios caiam de velhos e que os bens patrimoniais sejam desviados?.
Vejamos:
1º O lixo acumulado será uma mais valia importantissima para a futura investigação arqueológica, uma vez que será um contributo inestimável para que os vindouros possam discernir dos nossos usos e costumes.
2º O desmoronamento dos edificíos poderá no futuro contribuir de forma singular para que os engenheiros e arquitetos possam realizar conhecimentos sobre a degradação dos materiais de construção e sua evolução ao longo dos tempos.
3º (e último) Será que alguém haverá, mais qualificado, do que vereadores e rebanho adejacente, para serem fiéis depositários e conservadores, das inúmeras obras de arte espalhadas pelo nosso concelho, de tal maneira que, e com enorme sacrificío pessoal (está bom de ver)as possam passar de geração em geração, sem que olhos profanos as possam mirar todos os dias?
Esta gente que mais não faz do que criticar quem assim trabalha que se calem, calem-se porque os actuais autarcas o que necessitam é de silêncio para que possam trabalhar (em paz).
Tenho dito!


De humberto serra a 6 de Abril de 2005 às 04:31
O Forte de S. Francisco, teve(e de que maneira) melhor sorte.


De Isabel a 6 de Abril de 2005 às 02:57
Olá...o Forte de S. Neutel como monumento que é, naturalmente fáz parte da história do nósso país, escusado será dizer que é triste vê-lo assim tão desprezado...por onde andam as entidades "in" competentes??????


De Sr. Atento a 6 de Abril de 2005 às 02:32
Curioso e por mero acaso neste momento estou a ouvir MADREDEUS e lembra-me o belo concerto que eles deram (mesmo dado) à cidade de Chaves há meia dúzia de anos atrás no interior deste mesmo forte. Quem por lá passar actualmente e para reforçar o que dizem os dois anteriores comentários, além de "ostracizado" está pura e simplesmente abandonado como um puto de rua. Toda a iluminação exterior e interior partida, seringas e preservativos semeados por tudo quanto é sítio, lixo... está de meter dó. E é pena, com o potencial que aquele forte possui, é pena, muita pena que não tenha mais um bocadinho de atenção. O forte e a cidade merecem-na.


De Domingos a 6 de Abril de 2005 às 00:17
Alguém, com muito bom senso, e atendendo a sugestões de entendidos mandou construir no interior do Forte um belo anfiteatro para que ali se realizassem espectáculos ao ar livre. Infelizmente parece que ninguem notou e o proveito que se tira daquele espaço é quase nulo. Assim vai o Forte de S. Neutel sendo cada vez mais "ostracizado".


De humberto serra a 5 de Abril de 2005 às 09:07
Tenho ideia, em garoto, de ir com a minha mâe a essa festa, mas já nessa altura( anos sessenta), não era nada de especial, por isso, nem tenho cá na minha (boa) memória guardado nada de relevante. Quanto ao local(Forte de S.Neutel), acho que foi "ostracizado", merecia mais atenção.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.links

.arquivos

. Junho 2006

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.favoritos

. Abobeleira em três imagen...

. Solar da família Montalvã...

blogs SAPO

.subscrever feeds